Antiga entrevista com Francisco Parreira.

Francisco Parreira, aficionado, embalsamador, embolador e criador de cavalos.

Relembrar a Corrida comemorativa dos 35 anos do Grupo da Tertúlia.

No ano que comemoram 45 anos, relembro a Corrida comemorativa dos 35 anos do Grupo da Tertúlia.

dezembro 20, 2011

Boas Festas


dezembro 03, 2011

Fotografias de Arquivo


Não sei precisar a data desta fotografia, mas sei que foi tirada numa tourada no Meio da Rua, na freguesia da Ribeirinha, com toiros da ganadaria de Rego Botelho. O pastor por detrás destas mão,s que prepara a laça da corda, é o senhor Vielmino Ventura, pastor dedicado desta casa ganadera. 
Fica aqui mais um instantâneo do meu portfólio esquecido.

Duarte Bettencourt

novembro 29, 2011

RB em Grande no Campo Pequeno


Assim foi a 19 de Maio, assim o é hoje, dia 29 de Novembro de 2011. A ganadaria terceirense de Rego Botelho em Grande no Campo Pequeno. 
O Real Clube Tauromáquico Português tornou hoje publico os vencedores dos Galardões 2011 da temporada taurina na Praça de Toiros do Campo Pequeno, sendo atribuindo à ganadaria de Rego Botelho o Galardão 2011 à Melhor Ganadaria da temporada lisboeta e Galardão 2011 ao Melhor Toiro da temporada na praça de toiros do Campo Pequeno, ao já célebre "Guarda" de Rego Botelho. 
A letras de ouro borda a ganadaria de Rego Botelho a história da Tauromaquia Terceirense, mostrando ao mundo que na Ilha Terceira também se criam toiros bravos. Os meus sinceros parabéns à família Rego Botelho, em especial ao ganadero, criador de reses bravas, José Baldaya. 
Foi também galardoado o jovem forcado terceirense João Brito, como o melhor forcado da temporada 2011 na principal arena do nosso país, fardando-se às ordens do Grupo de Forcados Amadores de Santarém. 
A Ilha Terceira ao mais alto nível. 
Não posso deixar de referir que na Capital Mundial do Toureio a Cavalo, o toiro mais bravo tenha sido lidado a pé. Olé!!!!
Fique com os nomes dos restantes galardoados da temporada taurina no Campo Pequeno: 

Prémio "Prestígio" 
Mário Freire (a título póstumo)
Melhor Cavaleiro 
Luis Rouxinol
Melhor Cavaleiro Praticante
João Salgueiro da Costa
Melhor Matador 
António Ferrera 
Melhor Novilheiro 
Tiago Santos 
Melhor Grupo de Forcados 
G.F.A. de Montemor 
Melhor Peão de Brega 
David Antunes 

Duarte Bettencourt

novembro 28, 2011

Fotografias de Arquivo


Mais uma fotografia tirada na Praça de Toiros do Pico do Alvarino, nas Velas  na Ilha de São Jorge, tirada aquando da colocação de um toiro de Álvaro Amarante, que coube em sorte pegar ao forcado da Tertúlia Tauromáquica Terceirense Ricardo Costa, através de um buraco da trincheira.  Naquela altura ainda não sabia o que era o Photoshop. 
Neste instantâneo pode-se ainda identificar na formação o Marco Sousa, a dar uma contra-caras, o Hugo Jesus "Sacavacas" e o "Cabinho" nas pontas de bola e a rabejar o "Repoulho". Um pormenor a destacar nesta foto vai para a utilização da jaqueta do Grupo Juvenil da T.T.T.por vários forcados desta formação, prova da grande escola que foi, e que é, não só de forcados do grupo sénior da T.T.T. mas também de grande aficionados à festa brava.

Duarte Bettencourt

novembro 27, 2011

"A primeira vez que um artista espanhol matou a estoque um touro em Portugal."


Foi assim que Pedro de Merelim, pseudónimo de Joaquim Gomes da Cunha, no seu livro “Tauromaquia Terceirense” intitulou o episódio inédito na tauromaquia nacional, protagonizado pelo matador de toiros espanhol Gabriel Lopes y Portal, Mateíto. O dia 13 de Setembro de 1895 ficou marcado na história da tauromaquia terceirense, como o dia em que pela primeira vez se matou um toiro à usança espanhola, na Ilha Terceira. Foi palco deste evento, dito particular, mas a que assistiram cerca de oitocentas pessoas ávidas de presenciar a morte de um toiro a estoque, a Quinta do Rosário, situada na freguesia da Terra-Chã, propriedade do Sr. Francisco de Paula Barcelos Machado Bettencourt. A faena campera começou com a ferra de bravos do Sr. Félix Machado Barcelos, precedida pela lide de dois toiros em pontas da mesma ganadaria. O primeiro não se prestou à lide, o segundo um cinqueño, negro bragado e veleto, que também foi manso, tendo sido castigado com bandarilhas negras, não humilhando e fugindo à contenta foi estoqueado à terceira tentativa, por entre dois pinchazos, sendo descabellado por duas vezes, acabando por cair morto. Reza assim a história do primeiro toiro morto a estoque na Ilha de Jesus Cristo.
Mas a história nunca acaba, faz-se dia a dia e cem anos depois, mais propriamente a 21 de Outubro de 1995, no mesmo pátio da Quinta do Rosário, foram estoqueados dois toiros, pelo matador de toiros Tomáz Campuzano, acto este que foi presenciado por cerca de duzentos convidados. 
Ontem como hoje a lei não se fez cumprir e ambos os matadores não foram punidos por tais actos. A notícia foi amplamente divulgada nos meios de comunicação social da altura. Engraçado de constatar é que semelhante relevo teve também a notícia em 1895, não só na imprensa local, mas também na imprensa da especialidade na península ibérica.
Deixo-vos um artigo publicado no livro “Tauromaquia Terceirense” sobre o acontecimento de 1895. 



Duarte Bettencourt

novembro 22, 2011

Fotografias de Arquivo


Esta fotografia foi tirada na Praça de Toiros do Pico do Alvarino, em São Jorge, ao cavaleiro Tito Semedo. Este instantâneo fez parte de uma exposição individual, que levei a efeito em Agosto de 2001, na sede da Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

Duarte Bettencourt


novembro 20, 2011

Escalafon Açoriano 2011


Realizaram-se este ano no arquipélago dos Açores dez espectáculos taurinos, distribuidos por duas feiras taurinas, dois festivais e duas corridas de toiros isoladas. A temporada taurina açoriana contou com a presença de oito cavaleiros de alternativa, um rejeneador, um cavaleiro praticante e um cavaleiro amador. No que toca a grupos de forcados foi sem dúvida um ano recorde, com a presença de sete agrupamentos em praças açorianas, também nas ganadarias foi um ano recorde, tendo sido lidados sessenta e quatro exemplares de raça brava, pertencentes a desassete ganadarias, sete das quais do continente português.
Fique com o Escalafon Açoriano referente à época taurina de 2011.


Cavaleiros de Alternativa
Rui Lopes - 6 corridas (12 toiros lidados)
Tiago Pamplona - 5 corridas (9 toiros lidados)
Luís Rouxinol - 2 corridas (4 toiros lidados)
Vítor Ribeiro - 2 corridas (4 toiros lidados)
João Moura Jr  - 2 corridas (4 toiros lidados)
João Moura -1 corrida (2 toiros lidados)
Rui Salvador - 1 corrida (2 toiros lidados)
Francisco Cortes - 1 corrida (2 toiros lidados)

Rejoneadores
Juan Manuel Cordero - 1 corrida  (3 toiros lidados)

Cavaleiros Praticantes
João Pamplona - 3 Corridas (5 toiros lidados)

Cavaleiros Amadores
Miguel Moura - 2 corridas (2 toiros lidados)

Matadores de Toiros
Uceda Leal - 1 corrida (2 toiros lidados)
António Ferrera - 1 corrida (2 toiros lidados)
El Juli - 1 corrida (2 toiros lidados)
Leandro - 1 corrida (2 toiros lidados)
Alexandro Talavante - 1 corrida (2 toiros lidados)
Ivan Fandiño - 1 corrida (2 toiros lidados)
António João Ferrera - 1 corrida (2 toiros lidados)

Grupos de Forcados
Amadores do Ramo Grande - 8 corridas (19 toiros pegados)
Amadores da T. T. Terceirense - 6 corridas (18 toiros pegados)
Amadores de Alenquer - 2 corridas (3 toiros pegados)
Amadores de Arronches - 1 corrida (3 toiros pegados)
Amadores do Redondo - 1 corrida (2 toiros pegados)
Aposento de Turlock - 1 corrida (2 toiros pegados)
Amadores do Canadá - 1 corrida (2 toiros pegados)

Ganadarias
Rego Botelho - 20 toiros lidados
Fernando Bettencourt - 6 toiros lidados
João Gaspar - 6 toiros lidados
Ortigão Costa - 5 toiros lidados
C.A.J.Albino Fernandes - 5 toiros lidados
António Charrua - 4 toiros lidados
Veiga Teixeira - 3 toiros lidados
João Moura - 3 toiros lidados
Herds. Ezequiel Rodrigues - 2 toiro lidados
João Cardoso Gaspar - 2 toiros lidados
Gabriel Ourique - 2 toiros lidados
Palha -1 toiro lidado
Francisco Sousa -1 toiro lidado
Murteira Grave -1 toiro lidado
Humberto Filipe -1 toiro lidado
Duarte Pires -1 toiro lidado
Manuel J. Rocha -1 toiro lidado


Festejos
Corridas à Portuguesa - 4
Corridas Mistas -3
Festivais Taurinos - 2
Corridas só com Matadores -1


Praças de Toiros
Praça de Toiros Ilha Terceira - 7 festejos
Praça de Toiros do Monte da Ajuda (Graciosa) - 2 festejos
Praça desmontável (Pico) - 1 festejo

novembro 19, 2011

Veja a Golegã através da Equitação Tv


(Noticia com video)
Veja a XXXVI Feira Nacional do Cavalo, que se realizou de 4 a 13 deste mês na castiça vila da Golegã, através das cameras da Equitação Tv. 

novembro 18, 2011

Selecção de Noticias do Mundillo


Hoje o destaque vai para a notícia mais badalada na comunicação social taurina nacional e internacional, Taurinos no Parlamento Português. Leia-a noticia no site Burladero.
Outro destaque importante vai para a classificação de Património Cultural Imaterial atribuído à Capeia Raianada pela UNESCO. Leia-a notícia no site Mundotoro.
Também em destaque e incluída no contexto do primeiro destaque de hoje, está a noticia de que o novo Regulamento Taurino Português entrará em vigor no próximo mês de Dezembro. Leia-a notícia no site Tauromania.

Programação Tv


Acompanhe a Programação Taurina para este fim de semana, aqui no Terceira Taurina.

novembro 17, 2011

Homenagem a José Manuel Rodrigues


(Notícia com Video)
Realizou-se no passado dia 29 de Outubro, no salão de festas da Quinta do Galo, o jantar de fim de temporada da ganadaria dos Herds. de Ezequiel Rodrigues. Quis em boa hora a organização deste jantar homenagear o pastor do meio da corda, José Manuel Rodrigues, pelos seus trinta e dois anos à frente da corda dos bravos.

 
Homenagem a José Manuel Rodrigues from Terceira Taurina on Vimeo.

Duarte Bettencourt

novembro 05, 2011

Ganadaria de Rego Botelho e Manuel Pires dos GFARG, triunfadores em Sousel

(Notícia com video)


A ganadaria de Rego Botelho e o forcado Manuel Pires do Grupo de Forcados Amadores do Ramo Grande, foram agraciados com os prémios Prémio Bravura e com o prémio Forcado Revelação, pela Tertúlia Tauromáquica Nossa Senhora do Carmo de Sousel. O Prémio Bravura 2011 foi atribuído à excelente prestação do bravo "Guarda", lidado por Antonio Ferrera, no dia 19 de Maio no Campo Pequeno e o Prémio Revelação atribuído a Manuel Pires pelo desempenho do excelente forcado do Ramo Grande em terras continentais, aquando da digressão em Agosto do grupo da Praia da Vitória.
Um reconhecimento à Tauromaquia Terceirense pelas gentes alentejanas. Fique com a lista dos prémios atribuídos, que serão entregues a 28 de Janeiro 2012.

TRIUNFADORES 2011

Melhor Cavaleiro - João Moura Melhor 
Cavaleiro Praticante - João Maria Branco
Melhor Cavaleiro Amador - Miguel Moura
Cavaleiro Revelação Alternativa - Tomas Pinto 
Cavaleiro Revelação Praticante - João Soller Garcia 
Cavaleiro Revelação Amador - David Gomes 
Cavaleiro Internacional - João Moura Jr / Rui Fernandes 

Peão de Brega - David Antunes 

Melhor Matador de Touros - Luís Vital Procuna 
Melhor Novilheiro - Tiago Santos 

Melhor Grupo de Forcados: Grupo de Forcados Amadores Alcochete 
Melhor Forcado: João Pedro Tavares (GFA Montemor-o-Novo) 
Grupo de Forcados Revelação: Grupo de Forcados do Aposento da Chamusca
Forcado Revelação: Manuel Pires (Grupo Forcados Amadores Ramo Grande) 
Prémio Para Melhor pega Troféu TTNS Carmo Corrida de 2ª Feira de Pascoa: Fábio Meira (Grupo de Forcados Amadores de Arronches) 

Melhor Ganadaria: Passanha 
Prémio Bravura 2011: Touro Nº 17 da Ganadaria Rego Botelho lidado no dia 19 de Maio 2011 no Campo Pequeno 

Prémios Imprensa: Arte e Emoção, Jornal Olé, Diário Taurino, SoleSombra e Sortesdegaiola.Blogspot.com 

Melhor Empresa: Aplaudir

Homenagens: Amâncio Grilo, João José, Sabino Berlixa, Francisco Romão Tenorio e Grupo de Forcados Amadores Real de Moura 

Troféu Aficion: João António Ramos e Club Taurino do Agrupamento de Escolas de Alter Chão


Nomeados para os galardões Campo Pequeno 2011

A ganadaria de Rego Botelho, o toiro "Guarda" e o forcado dos Amadores de Santarém, João Brito, são os terceirenses nomeados para os prémios de melhor ganadaria, de melhor toiro e de melhor forcado da Temporada Taurina 2011 no Campo Pequeno. A elaboração da lista dos nomeados aos Galardões do Campo Pequeno 2011 surge por votação dos abonados da primeira praça do país. O Real Clube Tauromáquico Português será o responsável por anunciar os prémios atribuídos. Fique com a lista dos nomeados aos Galardões Campo Pequeno 2011.


outubro 28, 2011

O Museu do Paulo Magalhães por Fernando Pereira

setembro 30, 2011

Agenda da Tourada à Corda - Outubro de 2011


1 de Outubro, sábado
Rua Gervásio Lima - Santa Cruz
Toiros de

Rua do Caldeiro - Biscoitos
Toiros de

Rua da Praça – Vila de São Sebastião
Toiros de EG/HF

Rua do Capitão-Mor – São Mateus
Toiros de CAJAF

 2 de Outubro, domingo
Rua da Saúde - Santa Cruz
Toiros de CAJAF

Rua do Capitão-Mor – São Mateus
Toiros de CAJAF

3 de Outubro, segunda-feira
Rua da Igreja - Lajes
Toiros de RB

4 de Outubro, terça-feira
Rua da Igreja - Lajes
Toiros de CAJAF

5 de Outubro, quarta-feira
Rua da Igreja - Lajes
Toiros de ER

Terreiro do Paço – Ribeirinha
Toiros de JCG/MJ

6 de Outubro, quinta-feira
Rua da Igreja - Lajes
Toiros de HF

7 de Outubro, sexta-feira
Rua da Igreja - Lajes
Bezerros de

8 de Outubro, sábado
Rua de São João de Deus – Santa Luzia
Toiros de EG

Caminho da Esperança – Porto Judeu
Toiros de HF


9 de Outubro, domingo
Rua do Coxo - Fontinhas
Toiros de ER


14 de Outubro, sexta-feira
Canada de São Pedro – Ribeirinha
Toiros de JCG

15 de Outubro, sábado
Canada da Vista - Quatro Ribeiras
Toiros de CAJAF

Caminho da Esperança – Porto Judeu
Toiros de HF

Rua Ilha do Corvo – Conceição
Toiros de MJ

Ao Terreiro - Serreta
Toiros de DN

setembro 26, 2011

Tourada à Corda na Rua do Biscoito - 2011

Tourada na Rua do Regelo 2011

setembro 24, 2011

Vacada no Pico dos Borbas 2011

setembro 19, 2011

Tourada à Corda no Tendido Cero

O programa taurino da TVE, Tendido Cero, realizou uma peça na freguesia da Serreta sobre a tourada à corda e levou-a para o ar no programa do passado dia 10 de Setembro. A peça situa-se entre os 33 e os 36 minutos do programa. Veja a tauromaquia terceirense ao mais alto nível.

  

Rego Botelho na Fonte do Bastardo

setembro 15, 2011

Javier Castaño com um Miura em Nimes

setembro 14, 2011

RB na Fonte do Bastardo - Mato

Vida de Forcado

Veja este pequeno documentário sobre os momentos que os forcados passam no antes, no durante e no depois de uma corrida de toiros.

setembro 12, 2011

CAJAF na Fonte do Bastardo

setembro 09, 2011

Momentos Graciosa 2011

setembro 07, 2011

Quinta-feira Corrida em Directo na RTP1


O canal 1 da RTP irá transmitir amanhã, quinta-feira dia 8 de Setembro pelas 21 horas, uma corrida de toiros na praça de toiros da Nazaré incluída nas Festas em Honra de Nossa Senhora da Nazaré. Estarão em praça os cavaleiros Joaquim Bastinhas, Rui Fernandes e Tiago Carreiras. As pegas ficarão a cargo dos grupos de forcados do  Aposento do Barrete Verde de Alcochete, Amadores da Chamusca e Aposento da Chamusca. Os toiros a lidar serão da ganadaria Vinhas.
Não perca amanhã mais uma corrida tele-visionada no canal 1 da estação pública portuguesa.

setembro 06, 2011

"Academias de Arte Equestre voltam a reunir-se em Lisboa"

in Equitação


"Depois do êxito obtido no pavilhão Atlântico em 2004 as três Academias de Arte Equestre vão voltar a reunir-se Lisboa num espectáculo no Campo Pequeno. Por ocasião do 25º aniversário da Escola Portuguesa de Arte Equestre, decorria então o ano de 2004, as três Academias (Cadre Noir de Saumur (França), a Real Escuela Andaluza de Arte Ecuestre (Espanha) e a nossa Escola Portuguesa de Arte Equestre) proporcionaram um espectáculo inesquecível a todos os presentes no pavilhão Atlântico em Lisboa que se espera repitam no próximo dia 5 de Novembro, pelas 21H30, no Campo Pequeno. Trata-se sem duvida de poder assistir à exibição conjunta de três das mais famosas Escolas de Equitação de todo o mundo num programa próprio, elaborado especialmente para este grande espectáculo - projecto conjunto dos especialistas Filipe Figueiredo (Graciosa), Jean-Michel Poisson e Alain Laurioux, com a música e a coreografia a terem lugar de relevo, serão apresentados números individuais e conjuntos das três célebres escolas. Por obra dos mestres de equitação, em interpretação do Cavalo Lusitano e seus pares, viverá momentos extraordinários da conjunção entre cavaleiro e cavalo, de que são meros exemplos a "capriola", a "levada" e a "corveta", nos movimentos individualizados, ou, ainda, o "carrossel", o "pas de trois" ou os "ares altos", nas demonstrações em grupo. Espectacularidade, história, tradição, rigor e perfeição num programa inolvidável. O espectáculo – para toda a família - terá a duração de 90 minutos, em duas partes de 45. Dia 5 de Novembro, às 21h30, no Campo Pequeno, em Lisboa."

setembro 01, 2011

Agenda da Tourada à Corda - Setembro 2011 - Notícia Actualizada


1 de Setembro, quinta-feira 
Largo da Igreja – Raminho 
Toiros de CAJAF 

Rua do Açougue – Santa Bárbara 
Bezerros de ER

Rua das Pedras - Cabo da Praia 
Toiros de RB 

2 de Setembro, sexta-feira 
Rua do Biscoito - Fonte do Bastardo 
Toiros de EG 

À Praça - Vila Nova 
Toiros de CAJAF 

3 de Setembro, sábado 
Largo da Igreja – Santa Bárbara 
Toiros de RB/ER/HF/JCG 

Ladeira Grande – Ribeirinha 
Toiros de CAJAF 

Serra de Santiago - Vila das Lajes 
Toiros de CAJAF 

Rua das Pedras - Cabo da Praia 
Toiros de MJ

5 de Setembro, segunda-feira 
Largo da Igreja – São Bartolomeu 
Toiros de ER 

Caminho de S. João - Casa da Ribeira 
Toiros de HF 

6 de Setembro, terça-feira 
Cerrado nas Achadas – Altares 
Toiros de ER 

Santa Luzia - Santa Cruz 
Vacas de CAJAF

7 de Setembro, quarta-feira 
Às Presas – Altares 
Toiros de CAJAF/ER 

Santa Luzia - Santa Cruz 
Toiros de CAJAF 

8 de Setembro, quinta-feira 
Ao Lugar – Altares 
Toiros de CAJAF/ER 

Santa Luzia - Santa Cruz 
Toiros de CAJAF 

9 de Setembro, sexta-feira 
Ribeira Seca – Vila de São Sebastião 
Toiros de HF 

10 de Setembro, sábado 
Ribeira Seca – Vila de São Sebastião 
Toiros de HF 

Largo da Igreja – São Bartolomeu 
Toiros de ER 

Picão - Vila das Lajes 
Toiros de JCG 

11 de Setembro, domingo 
Vinha Brava – Conceição 
Toiros de RB 

Estrada 25 de Abril - Santa Cruz 
Toiros de CAJAF 

Caminho dos Galinheiros - Vila Nova 
Toiros de ??? 

12 de Setembro, segunda-feira 
Cerrado da Nasce Água – Conceição 
Toiros de RB 

Pico da Serreta – Serreta 
Toiros de EG 

Penha de França – São Pedro 
Toiros de HF/JG 

14 de Setembro, quarta-feira 
Largo da Igreja – Serreta 
Toiros de EG 

15 de Setembro, quinta-feira 
Pico da Serreta – Serreta 
Bezerros de EG 

17 de Setembro, sábado 
Parque da Praça de Toiros – São Bento 
Toiros de CAJAF/EG 

Arrebalde – Vila de São Sebastião 
Toiros de CAJAF 

Caminho Velho Serretinha - Feteira 
Toiros de EG/HF 

Rua das Amoreiras - Santa Cruz 
Toiros de HF

Rua Padre A.Lucas - São Brás 
Toiros de EG 

18 de Setembro, domingo 
Outeiro Alto – Doze Ribeiras 
Toiros de DN 

19 de Setembro, segunda-feira 
Caminho do Concelho - Biscoitos 
Toiros de ER 

20 de Setembro, terça-feira 
Rua 5 de Outubro – São Bartolomeu 
Toiros de ER 

Praça Sto. António - Biscoitos
Vacas de ER 

21 de Setembro, quarta-feira 
Caminho do Concelho - Biscoitos 
Toiros de NT

Largo - Porto Marins
Toiros de ER

22 de Setembro, quinta-feira 
Caminho do Concelho - Biscoitos 
Toiros de GO


Largo - Porto Marins
Toiros de CAJAF

24 de Setembro, sábado 
Desterro – Conceição 
Toiros de EG 

Rua Actriz E. Neves – São Bartolomeu 
Toiros de ER 

Rua Prof. Dr. S. Júnior - Porto Martins 
Toiros de CAJAF

Rua dos Boiões - Biscoitos 
Toiros de NT

25 de Setembro, domingo 
Porto dos Biscoitos - Biscoitos 
Toiros de ER 

26 de Setembro, segunda-feira 
São Carlos – São Pedro 
Toiros de RB e CAJAF 

27 de Setembro, terça-feira 
Canada das Mercês – Feteira 
Bezerros de HF 

Cerrado Santa Casa, F. Paim - Santa Cruz
Vacas de CAJAF

28 de Setembro, quarta-feira 
Figueiras do Paím - Santa Cruz 
Toiros de CAJAF 

29 de Setembro, quinta-feira 
Canada das Mercês – Feteira 
Toiros de HF 

Figueiras do Paím - Santa Cruz 
Toiros de ER 

30 de Setembro, sexta-feira 
Canada das Mercês – Feteira 
Toiros de HF 

Figueiras do Paím - Santa Cruz 
Toiros de RB 

Nota: O horário das Touradas à Corda muda para as 17h30m, apartir do dia 15 de Setembro

Umas férias merecidas

Bom dia a todos!
Depois de umas férias taurinas merecidas, volto com a vontade, de sempre, de levar até vós o melhor da Festa Brava Açoriana.
Duarte Bettencourt

agosto 13, 2011

Feira da Graciosa 2011 em directo na VITEC

A VITEC irá transmitir em directo as corridas da Feira Taurina da Graciosa 2011. Os comentários serão da responsabilidade de Duarte Bettencourt com entrevistas do jornalista Fernando Alvarino. 
O cartel da corrida de hoje é constiuído pelos cavaleiros Luís Rouxinol, Tiago Pamplona, João Pamplona e Miguel Moura, na lide de toiros das ganadarias de António Charrua, João Moura, e Ortigão Costa. As pegas estarão a cargo dos amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, de Alenquer e do Ramo Grande.
A segunda corrida da feira conta com os cavaleiros Luís Rouxinol, Tiago Pamplona e Miguel Moura, juntamente com o matador de toiros Antonio Ferrera, na lide de toiros de Rego Botelho. As pegas estarão a cargo dos amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, de Alenquer e do Ramo Grande.
Não perca estas corridas, que irão para o ar pelas 18 horas  de hoje e pelas 17 horas de segunda feira dia 15 de Agosto ( hora dos Açores), em directo na  VITEC.

agosto 03, 2011

Rui Salvador, João Pedro Ávila da TTT e “Malandro” de João Gaspar.

Noite de Concurso na Corrida de Toiros incluída nas Festas da Praia 2011, com praça cheia em ambiente extraordinário.
Os prémios foram entregues sem contestação ao cavaleiro Rui Salvador pela sua lide ao quinto toiro da noite, ao forcado João Pedro Ávila da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, à pega ao primeiro intento, ao primeiro da corrida e ao toiro “Malandro” número 122 de ferro Irmãos Toste pertença da ganadaria de João Gaspar, que foi lidado em primeiro lugar por João Moura, com os prémios ao melhor toiro e ao de melhor apresentação.
O cartel era composto por João Moura, Rui Salvador e Rui Lopes, pelos forcados amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, do Redondo e do Ramo Grande e com toiros das ganadarias terceirenses de Rego Botelho, Casa Agrícola José Albino Fernandes e João Gaspar.

O maestro João Moura teve quanto a mim a melhor prestação da corrida e a melhor prestação que alguma vez obteve na arena angrense. Na sua primeira lide recebeu o astado número 122 de João Gaspar (JG) no “Flamenco”, com dois ferros compridos, destacando-se a execução do primeiro, abordando o toiro à tira, cravando ao estribo, rematando a sorte de forma irrepreensivel. Para o segundo tércio sacou o “Spartacus” com três bons ferros, com sites vistosos em terra a terra vibrantes, destacando-se a colocação do segundo ferro de frente e ao estribo, rematado com galope a duas pistas marca da casa, com o toiro a roçar com os seus pitons a garupa do cavalo. Com o “Pinguim” cravou mais três, sendo dois de palmo, com destaque para o último mais cingido e vibrante. O toiro de JG cumpriu para a função, mostrando um bom galope com investida nobre, sendo premiado com o prémio ao melhor toiro da corrida. Aqui é preciso salientar o seguinte, o prémio a atribuir era o de melhor toiro e não o do mais bravo, pois se assim fosse este prémio não teria sido entregue, pois todos os toiros apresentados pecaram na presença de bravura. Este toiro arrecadou também o prémio apresentação por ser o toiro mais em tipo no encaste da ganadaria, não sendo contudo aquela estampa que se quer ver num toiro de lide. Para a pega saltou em regresso à função de caras o forcado da TTT, João Pedro Ávila numa pega ao primeiro intento, com o toiro a fugir ao grupo pela direita afocinhando com o forcado na cara, ajudado posteriormente pelo grupo, numa pega vibrante que chegou aos tendidos.
No seu segundo, quarto da ordem, que ostentava o número 301 da Casa Agrícola José Albino Fernandes (CAJAF), um toiro com pouco trapio para uma corrida concurso, Moura andou vulgar no primeiro tércio a despachar a ferragem da ordem, no segundo tércio elevou a sua actuação com a colocação do terceiro curto com remate vibrante, finalizando a lide com um grande ferro de palmo saindo sob grande ovação. Nota negativa para a atitude do cavaleiro de Monforte acudindo aos seus bandarilheiros para colocarem em sorte o toiro da CAJAF. Para a pega deste “albino” foi chamado a concretiza-la o forcado Leonardo Gonçalves dos forcados da TTT, que consumou ao terceiro intento com ajuda carregada dificultando o que parecia fácil, se o forcado tivesse optado por trazer o toiro toureado no primeiro intento concerteza teria concretizado a pega sem problemas de maior, já na segunda tentativa fechou-se mal de pernas e de braços, rodando sobre os pintons do toiro quando este virou a cara para o lado esquerdo.

Rui Salvador recebeu o segundo da noite, com o número 60 da ganadaria de Rego Botelho (RB), com o “Quilas” com dois ferros a despachar, já com o “Negolfo” andou vulgar com destaque para o quarto ferro da ordem, de excelente brega e colocação do astado, precedido de excelente abordagem e cravagem da bandarilha. Saltou à arena Nuno Oliveira pelos amadores do Redondo, que foi dobrado por Rui Grilo concretizando a pega ao quinto intento, à meia volta e a sesgo, depois de quatro tentativas inglórias com culpas para os ajudas, que dificultaram ainda mais as dificuldades que o de RB apresentava.
No quinto da noite, o cavaleiro de Tomar, saiu montado no “Vice-rei” com dois excelentes ferros de frente e ao estribo como mandam as regras, o toiro de JG, que ostentava o número 127 no costado, cedo elegeu como querença adquirida a porta dos cavalos, descaindo durante a lide para o terreno de tábuas, mas de lá saindo sem dificuldade, Rui optou por lidar o exemplar marcado a fogo com o ferro dos Irmãos Toste, nos terrenos de dentro cravando ferros de valor em sortes sesgadas, montando o “Uno”, ferros estes que chegaram com grande impacto às bancadas pela verdade e emoção com que foram executados, o quinto ferro foi brindado à Associação Filarmónica Cultural e Recreativa de Santa Bárbara da Fonte do Bastardo, finalizando a lide com um grande ferro, com o toiro nos tércios, saindo sob grande ovação. A lide deste quinto toiro valeu o prémio à melhor faena da corrida. O júri responsável pela atribuição dos prémios a concurso foi composto pelo crítico Pedro Pinto, pelo embolador Francisco Parreira e pelo responsável pela organização da Feira da Graciosa João Mendonça. Para a pega deste toiro de JG foi escolhido o forcado Carlos Silva dos amadores do Redondo, que foi dobrado pelo colega Hélder Delgado, que concretizou a pega ao terceiro intento, bem ajudado pelo contra caras, nas duas tentativas iniciais o grupo voltou a complicar o que já era complicado, começando pela dificuldade de entrar nos terrenos do toiro pelo forcado da cara e pela colocação do toiro para a pega, pormenor de grande importância que só foi corregido ao terceiro intento, colocando o toiro a favor da querença adquirida.

Rui Lopes literalmente entalado entre duas figuras do toureio recebeu o toiro número 304 da CAJAF, mais um toiro de fraca presença para um concurso de ganadarias, montado no “Sublime” cravando dois compridos com destaque para o primeiro, sacou o “Violino” para deixar três ferros curtos sem grande historia. Para a sorte de caras saltou as tábuas César Pires pelos amadores do Ramo Grande (RG) executando a sua sorte de forma irrepreensivel, com o toiro a não dificultar.
No último da noite o cavaleiro do “Ilhéu”recebeu o astado de RB com dois compridos, para os curtos sacou o “Quarteio”, cavalo dos quiebros que no caso concreto e pelas caracteristicas do oponente não terá sido a melhor escolha, pois o toiro era tardo na investida e com uma investida curta, apertando depois da sorte com vontade em fazer mal. Não conseguiu cravar os dois primeiros curtos, deixando com o ruço o terceiro, trocou de montada e aqui com o “Violino” consegui cravar os ferros com melhor desempenho indo em crescendo terminando com um de palmo em terrenos de dentro. Para a pega deste manso foi chamado Manuel Pires, que após duas violentas tentativas, a segunda com o grupo a fechar mal deixando no lado direito da formação uma pequena abertura, abertura esta que viu o toiro, desfeiteando o grupo numa tentativa de grande emoção, acabou por pegar ao terceiro intento em ajuda carregada, no final e na volta à arena convidou a partilhar as palmas o contra caras Miguel Pires.

Dirigiu com elevada qualidade José Valadão coadjuvado pelo Dr. Vielmino Ventura.

A acompanhar o festejo e bem esteve a Filármonica da Fonte do Bastardo regida pelo Maestro Sérgio Melo.

Duarte Bettencourt

agosto 01, 2011

Corrida de logo à noite em directo na VITEC

A VITEC irá transmitir em directo a corrida de logo à noite, incluída nas Festas da Praia 2011. Os comentários serão da responsabilidade de Duarte Bettencourt e Pedro Pinto com entrevistas da jornalista Andreia Pereira. 
O cartel da corrida de hoje é constiuído pelos cavaleiros João Moura, Rui Salvador e Rui Lopes, na lide de toiros das ganadarias locais de Rego Botelho, Casa Agrícola José Albino Fernandes e João Gaspar. As pegas estarão a cargo dos amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, do Redondo e do Ramo Grande.
Não perca este concurso de ganadarias pelas 21 horas ( hora dos Açores) em directo na  VITEC.

julho 29, 2011

Agenda da Tourada à Corda - Agosto de 2011

1 de Agosto, segunda-feira
Juncal - Sta. Cruz
Vacas de CAJAF/HF

2 de Agosto, terça-feira
Regatos – São Bartolomeu
Toiros de ER

Juncal - Sta.Cruz
Toiros de CAJAF

3 de Agosto, quarta-feira
Juncal - Sta. Cruz
Toiros de HF

4 de Agosto, quinta-feira
Largo de Santo António – Porto Judeu
Toiros de RB

5 de Agosto, quinta-feira
Praia da Vitória - Rua Gervásio Lima
Toiros de CAJAF/GO

6 de Agosto, sexta-feira
Praia da Vitória - Rua Padre Rocha de Sousa
Toiros de ER/HF/JCG/GO

7 de Agosto, sábado
Areal da Praia da Vitória
Toiros de ER

8 de Agosto, segunda-feira
Terreiro – Terra-Chã
Toiros de EG

9 de Agosto, terça-feira
Ao Arco – São Bento
Toiros de FS

10 de Agosto, quarta-feira
Caminho da Igreja – Doze Ribeiras
Toiros de EG

Quatro Ribeiras - Estrada Regional
Toiros de CAJAF

11 de Agosto, quinta-feira
Santa Cruz - Estr. 25 de Abril
Toiros de JCG/AA/VS/FB

Quatro Ribeiras - Estrada Regional
Toiros de CAJAF

13 de Agosto, sábado
Ao Arco – São Bento
Toiros de MJ

Biscoitinho – São Mateus
Toiros de EG

Fontinhas - Cabouco
Toiros de HF

14 de Agosto, domingo
Caminho da Vila – Porto Judeu
Toiros de HF/ER

Vila Nova - Ribeira da Areia
Toiros de HF

15 de Agosto, segunda-feira
Cais do Porto de Pescas – São Mateus
Bezerros de EG

Largo da Igreja – Santa Bárbara
Toiros de HF

Rua Dr. Aníbal Bettencourt – Conceição
Toiros de EG

Vila das Lajes - Serra de Santiago
Toiros de ER

16 de Agosto, terça-feira
Agualva - Rua da Igreja
Toiros de RB

17 de Agosto, quarta-feira
Estrada Regional - Cinco Ribeiras
Toiros de HF

Canada das Mercês – Feteira
Bezerros de CAJAF

Agualva - Rua do Cruzeiro
Toiros de ER

Agualva - Rua da Igreja
Toiros de CAJAF

18 de Agosto, quinta-feira
Agualva - Rua da Igreja
Toiros de CAJAF

20 de Agosto, sábado
Porto de Pescas – São Mateus
Toiros de EG

Canada de Santo António - Posto Santo
Toiros de ER/HF/GO/MJ

Lajinha - Feteira
Toiros de CAJAF

21 de Agosto, domingo
Porto de Pescas – São Mateus
Toiros de EG

Lajinha – Feteira
Toiros de CAJAF

Canada da Ajuda – Santa Bárbara
Toiros de ER

Santa Cruz - Estrada 25 de Abril
Toiros de CAJAF

22 de Agosto, segunda-feira
Cerrado na R. Ilha de S. Miguel - Conceição
Bezerros de MJ/NT

Canada das Roças - Posto Santo
Vacas de AL

S. Brás - Cerrado junto à Sociedade União
Vacas de ER/HF

23 de Agosto, terça-feira
Terreiro – Posto Santo
Toiros de ER/HF/GO/MJ

Fonte do Bastardo - Estrada Regional
Toiros de FB

S. Brás - Às Pias
Toiros de ER/HF

24 de Agosto, quarta-feira
Fonte do Bastardo - Estrada Regional
Toiros de CAJAF

S. Brás - Às Pias
Toiros de ER

25 de Agosto, quinta-feira
Fonte do Bastardo - Estrada Regional
Toiros de RB

26 de Agosto, sexta-feira
Covões - Posto Santo
Toiros de AL

27 de Agosto, sábado
Fajã do Ficher – Feteira
Toiros de JCG/MJR/JG

Guerrilhas - Terra-Chã
Toiros de DN

Caminho do Posto Santo
Toiros de AL

S. Brás - Rua Padre Lucas
Toiros de HF

Fonte do Bastardo - Rua do Regelo
Toiros de ER

28 de Agosto, domingo
Fonte do Bastardo - Rua do Biscoito
Toiros de EG

Biscoitos - Canada da Fonte
Toiros de HF

29 de Agosto, segunda-feira
Vila Nova - À Praça
Toiros de EG

30 de Agosto, terça-feira
Vila Nova - Terreiro Santo
Toiros de ???

Cabo da Praia - Canada do Saco
Vacas de RB

Ribeirinha - Ladeira Grande
Toiros de RB/CAJAF

31 de Agosto, quarta-feira
Às Oito – Santa Bárbara
Toiros de ER

Vila Nova - À Praça
Toiros de HF

Cabo da Praia - Rua das Pedras
Toiros de RB

julho 23, 2011

Tenta Comentada - Praça de Toiros Ilha Terceira

julho 21, 2011

Tourada à Corda no Largo de São Bento 2011

Ponta de Vacas do Eng. Ruy Gonçalves adquirida pela ganadaria de Francisco Sousa

julho 17, 2011

Toiros da Corda da ganadaria de Francisco Sousa

Corrida das Festas da Praia 2011

julho 16, 2011

Tauromaquia e Humildade

A palavra humildade provêm do latim húmus, que é nada mais nada menos do que terra fértil, aquela que ao semear ou plantar dará com toda a certeza bom fruto. A tauromaquia por exemplo é infelizmente um campo com pouco húmus, onde impera o orgulho, aquele da soberba, da vaidade e da ostentação.

Ser humilde é aprender a reconhecer o erro, é aceitar de que nunca se sabe tudo, é reconhecer que não podemos ser ou estar sempre ao melhor nível, já ser orgulhoso é ser dono da verdade suprema, é não aceitar o erro, é não aceitar o desaire.

Como por exemplo na tauromaquia, temos um cavaleiro que com humildade reconhece que a sua lide não é merecedora da ovação alheia, e só pisa a arena depois de a ela ser chamado, para que lhe seja tributada a justa ovação de uma lide conseguida e de êxito, por outro lado temos aquele que se julgando o eterno triunfador, salta de forma efusiva as tábuas, para numa demonstração de orgulho estúpido enganar os menos atentos, transformando uma lide banal numa lide de êxito. Tenham humildade.

Nos forcados também se encontra muita falta de humildade, por exemplo alguns forcados por receberem em abraço o toiro à terceira tentativa recusam-se a dar volta, outros, sem esta que deveria caracterizar os homens da jaqueta enrramada, vão ao sabor das palmas, muitas vezes proferidas pelas muitas claques de Grupos de Forcados que pululam pelas arenas deste país que se diz aficionado à Festa. Mas nos forcados a falta de humildade não se fica pelas voltas à arena, é vê-los (não todos, ainda bem) prezadamente orgulhosos de farda envergada, parecendo os reis desta Festa imunda. Aproveito para parafrasear um colega meu, “parecem pavões, só que quando olham para os pés (de tão feios)morrem de desgosto”, sejam humildes e precebam que todos os dias estão a aprender e aqueles que se julgam sabedores de toda a verdade um dia o bravo, coloca-lhes no devido lugar.

Na Festa muitos outros exemplos de falta de humildade poderiam ser aqui enumerados,vindo eles dos empresário, dos directores de corrida, dos ganaderos, dos fotografos, dos críticos e até do público, mas a Tauromaquia como a sociedade em geral está muito pobre em húmus, por isso chegamos hoje ao que chegamos , com uma Festa e uma Nação muito pouco produtivas.

Humildade precisa-se na tauromaquia e na sociedade, para que tenhamos um dia, uma Festa e um País melhor.

Duarte Bettencourt

julho 12, 2011

Ciclo de Tentas Comentadas 2011


O Ciclo de Tentas Comentadas, organizado pela Tertúlia Tauromáquica Terceirense, realiza-se nos próximos dias 15, 16 e 17 de Julho, nos tentaderos das freguesias das Doze Ribeiras, Terra-Chã e Santa Bárbara, respectivamente, contando com uma sessão dupla no dia 16, sessão esta a realizar na Praça de Toiros Ilha Terceira. O Ciclo de Tentas contará este ano com a participação do matador de toiros português Luís Vital “Procuna” e do novilheiro espanhol Emílio Huertas. Como picadores de serviço a edição de 2011 conta com a colaboração de Simão Neves e José Faveira. Coadjuvando as lides estarão os bandarilheiros terceirenses Rui Silva, Jorge Silva e José Luís Leonardo.
Serão tentadas vacas e toiros de Rego Botelho e João Gaspar.
As tentas serão comentadas pelo crítico Maurício Vale.

julho 03, 2011

Tendido Cero - 02/07/2011

Agenda da Tourada à Corda - Julho de 2011

3 de Julho, domingo
Caminho da Igreja, Doze Ribeiras
Toiros de ?

Largo de S.João, Fontinhas
Toiros de C.A.J.Albino Fernandes

4 de Julho, segunda-feira
Bairro de S. Pedro - Rua Longa, Biscoitos
Toiros de Herds. Ezequiel Rodrigues

5 de Julho, terça-feira
Bairro de S.Pedro, Biscoitos
Vacas de Herds. Ezequiel Rodrigues

Casa da Ribeira, Santa Cruz
Vacas Humberto Filipe

6 de Julho, quarta-feira
Largo da Igreja Velha, Biscoitos
Toiros de Herds. Ezequiel Rodrigues

Casa da Ribeira, Santa Cruz
Toiros de Humberto Filipe

7 de Julho, quinta-feira
Casa da Ribeira, Santa Cruz
Toiros de Humberto Filipe

9 de Julho, sábado
Corpo Santo, Conceição
Toiros de Eliseu Gomes

Tereiro do Paço, Ribeirinha
Toiros de C.A.J.Albino Fernandes e Manuel João Rocha

Casa da Ribeira - Caminho das Beiras, Santa Cruz
Toiros de C.A.J.Albino Fernandes

10 de Julho, domingo
Zona de Lazer das Cales, Altares
Toiros de Herds. Ezequiel Rodrigues

Cova da Serreta, Serreta
Toiros de Daniel Nogueira

11 de Julho, segunda-feira
Boa Hora, Terra-Chã
Toiros de ?

16 de Julho, sábado
Rua da Igreja, Ribeirinha
Toiros de João Cardoso Gaspar e Manuel João Rocha

Ribeira Manuel Vieira, Santa Bárbara
Toiros de ?

Canada Nova, Posto Santo
Toiros de António Lúcio

Santa Rita - Caminho do Facho, Santa Cruz
Toiros de Humberto Filipe

17 de Julho, domingo
Cambalim, São Bento
Toiros de Rego Botelho, Eliseu Gomes,Humberto Filipe e João Gaspar

Ribeira da Agualva, Vila Nova
Toiros de ?

18 de Julho, segunda-feira
Grota do Medo, Posto Santo
Toiros de Eliseu Gomes

Porto das Pescas, Porto Judeu
Toiros de João Cardoso Gaspar

23 de Julho, sábado
Largo da Igreja, Santa Bárbara
Toiros de ?

Cruz das Almas, Feteira
Toiros de Humberto Filipe

24 de Julho, domingo
B. N. Senhora de Fátima, Santa Cruz
Toiros de Herds. Ezequiel Rodrigues

25 de Julho, segunda-feira
Rua Dr. Machado Pires
Toiros de Nelson Toste

26 de Julho, terça-feira
À Igreja, Fontinhas
Toiros de Eliseu Gomes

27 de Julho, quarta-feira
À Igreja, Fontinhas
Toiros da C.A.J.Albino Fernandes

28 de Julho, quinta-feira
Santo António, Fontinhas
Toiros de Humberto Filipe

30 de Julho, sábado
Rua de Baixo, São Pedro
Toiros de Humberto Filipe

Areeiro, Fontinhas
Toiros de Herds. Ezequiel Rodrigues

Video Completo da Corrida Goyesca da Feira de São João

Video Completo da Corrida à Portuguesa da Feira de São João

junho 27, 2011

Goyesca

Foi ao estilo de Francisco de Goya, famoso pintor espanhol dos séculos XVII/XIX, que se desenrolou a última corrida da Feira de São João de 2011. Pela primeira vez em Portugal realizou-se uma corrida deste género, corrida esta realizada hoje em dia um pouco por toda a Espanha e que tem o seu expoente máximo em Ronda, organizada desde 1954 pela família Ordoñez. Esta Goyesca foi a forma encontrada pela organização da Feira de São João para de certa forma reivindicar uma festa melhor e mais verdadeira. Nas cortesias participaram os(as) Aguacillos (as), os picadores e a parelha de cavalos que têm como função a recolha do toiro depois de morto na arena, simbolizando no seu conjunto a corrida integral.

O cartel desta corrida foi muito bem pensado e estruturado, com muitos motivos de interesse, com a presença de Uceda Leal, Julian Lopez "El Juli" e Leandro, na lide de novilhos de Rego Botelho, que no geral mansearam, destacando-se o segundo da corrida lidado por "El Juli", de nome "Guardêz", acusando contudo alguma falta de força.

Uceda Leal recebeu o primeiro por verónicas rematadas com meia. Destaque para o par de bandarilhas de João Pedro Silva, quadrando-se na cara do toiro. Com a muleta o matador executou três séries pela direita com o toiro a descair para tábuas, para de lá não mais sair, simulou a sorte suprema por volapié. No seu segundo, quarto da corrida, o matador natural de Madrid recebeu o novilho de RB por paróns, rematados nos médios por meia verónica cingida.Mais um bom par do terceirense João Pedro recebendo forte ovação dos tendidos. Na muleta provou por baixo a investida do novilho, para depois por derechazos deixar por instantes o perfume do seu toureio, nesta fase da lide denotava-se já a brutidão com que o astado da caldeira Guilherme Moniz brindava no final do passe a muleta de Leal. Descaiu para tábuas manseando, sendo lidado na querença, por raça e entrega de matador madrileno. O público entendeu o esforço do matador e tributou-lhe uma forte ovação.

"El Juli" regressava à Ilha Terceira depois do triunfo alcançado na Feira de São João de 2009. Depois do cartel granjeado junto da aficion terceirense, esta encheu a praça para o receber nesta tarde de 26 de Junho de 2011. Grande expectativa  rodeava a prestação de "El Juli". Recebeu o seu primeiro por paróns e chiquelinas rematadas com uma templadíssima larga. Com as bandarilhas destacou-se a prestação de Luís Garcia com dois belíssimos pares a quarteio, cravados na cara do oponente, destaque ainda para a forma como o lidador de serviço Álvaro Montes Rodrigues, mimou o novilho do seu matador. Até dá gosto ver lidar desta forma. Na muleta e de forma inteligente Julian levantou um pouco a mão para que o novilho, que apresentava boas condições de lide, investisse de melhor forma evitando assim que caísse, sinal da sua falta de força, a segunda tanda de derechazos foi de grande nível com um câmbio de mão rematado com um passe de peito, seguiu-se uma serie pela direita templada de grande impacto. Alternou entre derechazos e naturais, para terminar em redondo e  por circulares, sobre grande ovação do público presente. Deu merecida volta sob grande ovação com o público de pé. No seu segundo "El Juli" não teve matéria prima para o desejado êxito, ainda tentou a esquerda do novilho, mas sem fortuna, depois de passes de castigo simulou por volapié.

Leandro recebeu o primeiro do seu lote por verónicas bem desenhadas, parons, com remates por meias-verónicas. No segundo tércio destacaram-se os pares de bandarilhas de Miguel Martin e Jorge Silva.  O de Valladolid inicia a faena com passes por baixo, para depois com a direita desenhar derechazos de grande profundidade e plasticidade, na terceira tanda o toiro racha e saí em direcção à porta dos curros, Leandro porfia com a esquerda para junto dos curros terminar a sua faena. O sexto da tarde deu logo de inicio sinal de que sairia solto das sortes, mesmo assim Leandro desenhou verónicas de muito temple e plasticidade rematadas por meia cingida. No segundo tércio destaque para os dois pares de Manuel Soto e para o par extraordinário do bandarilheiro terceirense Jorge Silva, muito ovacionado pelo público presente. Na muleta o novilho de RB, quer pela direita quer pela esquerda saía solto das sortes, cumprindo o que se augurava no ínicio da sua lide, mas Leandro porfiou trazendo-lhe para junto da sua querença sacando literalmente água de um poço seco. Com duas sérias magníficas pela direita e outra, afinada pelo mesmo tom, pela esquerda, pede música o público soberano  mas a insensibilidade do Director de Corrida,Carlos João Ávila, falou mais alto negando como prémio ao desempenho valoroso de Leandro Marcos o merecido acompanhamento músical. Uma nódoa na bem dirigida mas muito exigente direcção de corrida.

Uma nota final de apreço para com o público terceirense, que me deixou orgulhoso pela forma como se comportou durante toda a Feira. Público aficionado e conhecedor que eleva a qualidade da Praça de Toiros Ilha Terceira ao mais alto nível da tauromaquia mundial.

Duarte Bettencourt

Video Completo da Corrida Concurso da Feira de São João

Com Chuva e Toiros

Foi assim que decorreu a terceira corrida da feira de São João deste ano. No dia 25 de Junho, São Pedro não teve para meias medidas e abriu as torneiras, despejando sobre os angrenses água a potes. Com a indefinição da realização da terceira da feira a pairar no ar, com os intervenientes a testarem a arena depois das cortesias, acabaram por decidir e bem continuar com o espectáculo mesmo debaixo de chuva, por respeito ao público presente que ocupava cerca de meia casa nas bancadas.

O cartel desta tarde era composto pelos cavaleiros Vítor Ribeiro, João Moura Jr. e Rui Lopes na lide de toiros das ganadarias continentais de António Veiga Teixeira e Ortigão Costa. As seis pegas estiveram a cargo do Grupo de Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, em dia de homenagem aos actuais e antigos membros, com o lançamento do passodoble, com o nome do grupo, escrito pelo maestro Durval Festa e interpretado pela Banda da Sociedade Filarmónica Rainha Santa Isabel das Doze Ribeiras.

Vítor Ribeiro, João Moura Jr. e Rui Lopes bridaram a aficion terceirense com o respeito que ela merece desenvolvendo lides de mérito perante as dificuldades atmosféricas e do estado do piso da arena.

Vítor Ribeiro lidou com acerto o primeiro do seu lote, um toiro de bonitas hechuras da ganadaria de Ortigão Costa, que se prestou para o bom desempenho do cavaleiro continental, com abordagens frontais e com ferros ao estribo. O seu segundo, um Veiga Teixeira complicado que galopava por dentro adiantando-se à montada, dificultando a sua lide. O cavaleiro não se entendeu com o oponente embora saindo sob forte ovação após a colocação de um violino.

João Moura Jr. teve por diante um manso complicado de Veiga Teixeira, causando dificuldades ao jovem de Monforte, contudo o astado evoluiu com a lide ministrada, deixando o seu cavaleiro cravar ferros de mérito. O seu segundo, de Ortigão Costa, também tendeu para a mansidão, com o jovem Moura literalmente a despachar a sua lide, não só pelas condições do astado como também pelo estado do piso da arena, embora no final tenha dado um ar da sua graça.

Rui Lopes mais uma vez surpreendeu pela positiva lidando dois toiros da ganadaria de Ortigão Costa. Lides de entrega e saber, tributadas com enormes ovações do público presente, que mesmo com as mãos ocupadas pelos guardas chuvas encontrou forma de lhe bater as palmas. Ferros de frente e ao estribo, rematando como mandam as regras do bom toureio. Bom toureio este que o jovem do Ilhéu bordou na arena angrense.

O Grupo de Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense pegou em solitário os seis quatreños, tendo demonstrado alguma falta de coesão nas ajudas. Nota de destaque para o primeiro ajuda, do qual infelizmente não tenho o nome, que aguentou com estoicismo cinco das seis contra-caras. Pelos da Tertúlia foram à cara Álvaro Dentinho à terceira tentativa, César Fonseca ao primeiro intento, Jorge Santos à segunda, Marco Fontes também à segunda tentativa em tarde de despedida e Tomás Ortins ao primeiro intento na pega da tarde.

Uma palavra de apreço à forma como dirigiu e bem José Valadão, à direcção da Tertúlia por ter levado por diante a corrida e ao público que não arredou pé em dia de temporal.

Duarte Bettencourt

junho 26, 2011

Video da 3ª Corrida da Feira de São João

junho 25, 2011

Concurso de Ganadarias em dia de infortúnio

Dia 24 de Junho, dia de São João, Santo Padroeiro que dá o nome à Feira taurina, dia de corrida de toiros Concurso de Ganadarias, este ano na verdadeira acepção da palavra, com o anúncio de seis ganadarias, três continentais e três insulares, num verdadeiro confronto, que se quer saudável, entre todos os intervenientes desta corrida.

A disputar a melhor lide a cavalo tínhamos os cavaleiros Vítor Ribeiro, Tiago Pamplona e João Moura Jr.; a melhor pega os Grupos de forcados da Tertúlia Tauromáquica Terceirense, Aposento de Turlock e Ramo Grande; o prémio de bravura e apresentação as ganadarias de Palha, Veiga Teixeira, Murteira Grave, Rego Botelho, Casa Agrícola José Albino Fernandes e João Gaspar.

A Vítor Ribeiro saiu em sorte os toiros de Palha e Casa Agrícola José Albino Fernandes, com muito sentido e agressividade o primeiro, voluntarioso o segundo. O da margem sul teve que se de arrimar para lidar o da Adema, entregando-se mais o toiro no final da lide, permitindo ao cavaleiro acabar a lide em plano superior. A lide do Albino foi desenhada com mais intenção, destacando-se as sorte frontais, encurtecendo as distancias, pisando terrenos de compromisso, deixando em todo o alto três ferros curtos de mérito.

Tiago Pamplona teve por diante o melhor lote da corrida cabendo-lhe em sorte os toiros de Rego Botelho, algo escorrido de carnes mas de grande entrega na lide, e de Murteira Grave, nobre e com trapio. A estes o jovem terceirense lidou com brio, destacando-se a lide do primeiro com ferros soberbos e de excelente preparação e brega, com abordagens frontais, rematando e bem as sortes, no da Galeana, esteve correcto na lide acusando contudo o peso do nome da ganadaria, efectuando uma lide em crescendo e após a cravagem de dois ferros ao violino saiu sob enorme ovação dos tendidos.

João Moura Jr. pelo quinto ano consecutivo pisava a arena da Monumental de Angra do Heroísmo, duas lides de empaque onde a intuição nata deste cavaleiro de Monforte ficaram bem patentes, Moura Jr. lida com perfeição, tem o toureio na cabeça, jovem de idade mas maduro na concepção do seu toureio, viu-se evoluir pela arena angrense um caso sério da tauromaquia mundial. Dono de um conceito familiar, não deixou este jovem cavaleiro de lidar de frente, cravando ao estribo rematando as sortes como mandam os cânones. Lidou toiros de João Gaspar e Veiga Teixeira, ambos de bonitas hechuras mas com comportamentos disitintos, nobre o primeiro e reservado o segundo, tendo a ambos lidado com intenção, destaca-se a lide do seu segundo, pecando apenas pela sua decisão de colocar mais um ferro a pedido do público, que após uma tentativa falhada de um de palmo e na preparação de mais um, caiu por terra o seu cavalo Belmontin, fulminado por um ataque cardíaco. Morreu na arena um toureiro coberto pelos capotes dos bandarilheiros, cobrindo-se de desgosto o público que enchia a praça em dia de São João. Forte ovação de carinho recebeu o jovem Moura.

Foi atípica a prestação dos forcados sendo apenas pegados quatro dos seis toiros a concurso, o da Casa Agrícola José Albino Fernandes, que embateu com violência nas tábuas aquando da colocação para a pega, rachou junto pela cepa um piton. Na primeira tentativa de Álvaro Dentinho da T.T.T., acabou por se partir por completo, inutilisando-se para a pega, sendo de pronto recolhido. O de Veiga Teixeira foi recolhido aos curros para que se prestar auxilio ao cavalo de Moura Jr. para de lá não mais sair. Preparava-se para o pegar o forcado Manuel Pires dos forcados do Ramo Grande.

As restantes pegas foram efectuadas por José Vicente da T.T.T., muito bem à primeira tentativa, na pega da tarde, pelo Aposento de Turlock pegaram Darren Mountain e Fernando Machado Jr, ambos ao primeiro intento, com destaque para a pega de Mountain, pelo Ramo Grande pegou à terceira tentativa César Pires, com uma ajuda muito carregada.

Dirigiu com acerto Carlos João Avila assessorado pelo veterinário José Paulo Lima.

Duarte Bettencourt